Saúde da Mulher: Lactobacilus ajuda previnir a vaginose bacteriana.

Lactobacilos são bactérias, popularmente conhecidas como bactérias do bem. Normalmente são encontradas na boca, no trato intestinal e na vagina. Os lactobacilos possuem diversos benefícios para a saúde, principalmente para a vagina, e este é o tema principal deste artigo.

Cientistas e especialistas em saúde têm estudado os benefícios dos lactobacilos durante muitos anos. Vamos por partes:

O QUE SÃO LACTOBACILOS?

Os lactobacilos (lactobacillus) são bactérias inofensivas que se alimentam de matérias orgânicas. Elas vivem principalmente no trato intestinal fazendo parte da constituição da flora intestinal dos mamíferos.

Os lactobacilos ajudam a prevenir infecções e doenças causadas por outras bactérias. Eles não combatem diretamente estes micro-organismos prejudiciais, mas ajudam a reduzir sua proliferação através de seus antibióticos naturais, principalmente devido a competição por nutrientes. Os lactobacilos são inúmeros e se reproduzem muito rápido, desta forma, não permitem a sobra de nutrientes para as bactérias causadoras de doenças.

Quando ocorre um desequilíbrio na proporção entre bactérias saprófitas (ajudam a manter o intestino saudável) e patológicas (causadoras de doenças), manifesta-se um estado conhecido como disbiose.

Também há indícios de que essa bactéria pode auxiliar em casos de infecções vaginais. Para o tratamento contra a vaginose bacteriana, doença que causa desequilíbrio na flora vaginal e aumento na concentração de bactérias no órgão genital feminino, pode ser usado um supositório com Lactobacillus Acidophilus. Tomar iogurtes com a presença das bactérias é outra forma de prevenir. 

Outro ponto positivo deles é a melhoria que promovem no sistema imunológico do nosso organismo. Consumir iogurte, leite ou suplementos preparados com bactérias da família dos lactobacilos ajuda a reforçar a resposta natural da imunidade do nosso corpo.

Além de estar presente no corpo humano, é possível obter os Lactobacillus Acidophilus de maneira muito fácil através da ingestão de alguns alimentos que já fazem parte do nosso dia a dia e podem ser incorporadas facilmente à dieta.

Alguns exemplos deles são: iogurte, produtos laticínios como o leite e o queijo, além dos alimentos feitos à base da fermentação da soja.

Por: Katiana Martins 

Enfermeira


Comentários

Comentários